segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Aquiles aconteceu comigo

Outro dia estava dirigindo e ouvi um pequeno barulho na roda do carro. Desci e a roda estava inteira. Continuei dirigindo e nada. No decorrer da semana o mesmo barulho, mas nada que incomodasse.

Nesse ano eu corri. Sem dúvida nenhuma posso dizer que é o ano que eu mais corri na vida. Não em provas, mas sim nos treinos. 4 vezes por semana durante 6 meses e 3 vezes nos outros meses. O que posso dizer que certamente eu passei dos 1000km.

No sábado fui para o meu treino longo de 28km e ao estacionar escutei um leve estalo. Mas como estava atrasado nem olhei para o carro e fui treinar.

Já tinha passado a Biologia, encontrei o Enio na contramão, água, gel, outra Biologia, praça do cavalo, e logo depois da reitoria...pimba! Outro estalo! Agora na panturrilha. Como já tinha corrido mais de 26km e faltavam só 2km, fui até o final. A dor até então não era muita. Fiz muito gelo e perdi meu 1o treino do ano. Era um regenerativo e fiquei muito puto da vida por ter perdido esse treino.

Durante a semana o carro puxava um pouco para a esquerda mas nada que atrapalhava a direção. As curvas ficaram mais pesadas, o consumo de gasolina aumentou, mas eu não queria ficar uns dias sem o carro.

Até que um dia enquanto estava dirigindo o pneu furou. Fui no borracheiro e ele colocou um leve remendo que dava para andar mais um pouco.

A dor estava lá e me acompanhou até segunda. Na quinta voltei para os treinos. 50 minutos leve, bem leve. Que maravilha de treino, não senti nada! Mas depois... o tendão resolveu me lembrar que ele existe. E como dói!

Mais gelo e tratamento caseiro até terça. Ai já não doía nada há 2 dias. Fui treinar. Desci do carro e os 2 reclamaram! Tendão e panturrilha sem mesmo ter corrido! 300 metros de trote já foram o suficiente para saber que deveria ir para a oficina.

Lá aproveitei que ia trocar o pneu, e fazer o alinhamento. Aí já viu, o mecânico deu uma olhada geral e pronto, já viu. Precisava balancear, calibrar com nitrogênio (ainda não sei a diferença disso) fazer a cambagem, troca de fluido, raspagem do disco de freio, troca de pastilha e ainda fiquei sabendo que a suspensão estava para estourar.

Comecei a fisio e o famoso e temido Deep Running (é correr dentro da piscina). Até que não são tão ruins, mas nada como o Parque!

Agora estou sem treinar, na oficina, na maca e na piscina, e o pior, a cada semana acham um lugar novo para fazer a cambagem! Dói tudo, mas o pior mesmo está no tendão.

É Seu Aquiles, não é à toa que você tem essa fama!

Araka!

3 comentários:

Estela disse...

EXCELENTE TEXTO!!!
Pena que é meio trágico =/
Espero que você sare logo e possa voltar a treinar!
=)))

Anônimo disse...

Fiquei com vontate de rir mas sei que vc esta com dor! Sorry maninho....mas quero te contar uma coisa pra te deixar contentinho:
Um NIKE ID ja esta encomendado:
DOCA NEW YORK - Correndo ou nao correndo, 1000km de treino ja te qualificam pro trofeu de Mehmis do Ano!
Beijinhos.....

Paulinha disse...

E ai, como está o tendão??
A fisio ta resolvendo?
Ta parado ainda?