quinta-feira, 4 de junho de 2009

De volta aos 10km!

De volta as corridas. É nesse domingo participei da Maratona de São Paulo. Não, não fui louco de correr os 42km novamente, corri uma prova de 10km dentro da maratona. Foi muito legal para ver, rever uma maratona e corrida, agora dentro de São Paulo.

Adoro correr em lugares novos ou em novas corridas. Nada contra, mas provas na USP e na 23 eu realmente estou de saco cheio.

Minha última prova de 10km foi em julho de 2005, no então criado Circuito das Estações. Estava muito mau naquela época. Longe dos bons tempos e, a cada prova que fazia, meus tempos pioravam. Essa ai foi a gota d´água...57:30. Eu sei que pra muitos é um bom tempo, mas pensando que 1 ano e meio antes eu tinha feito 50:38.

Falando em corridas novas, vamos para algumas curiosidades sobre as famosas corridas

A São Silvestre começou logo depois que o visionário Casper Libero voltou de Paris, onde assistiu a uma corrida noturna. Entusiasmado com essa prova, ele quis fazer o mesmo aqui em São Paulo e, para ser algo mais grandioso ainda, escolheu a noite que tem mais atenção no ano, o dia 31 de dezembro. Fez os cálculos para que o primeiro colocado chegasse bem próximo da virada. Deu certo, e desde então, apesar das mudanças de percurso e horário, essa ainda continua sendo a principal prova de rua de nosso pais.

A maratona de São Paulo tem uma história muito curiosa. Ela começou em 1994, no mesmo ano em que, quem estava em Barra do Sahy, presenciou, entre um pastel e outro da Dona Benê, quando o jovem Doca, com seus 15 anos, magrinho, fininho saia para seus primeiros trotes nas areias. Nesse ano, Dr Paulo Maluf, prefeito da cidade, acabara de inaugurar uma série de túneis para a melhoraria do trânsito. Mas, ele acabou fazendo mais do que isso, visionário como Casper, ele viu que São Paulo não tinha uma grande Maratona, então ele aproveitou e ele promoveu a 1a Maratona de São Paulo. Essa corrida deu certo, ou pelo menos eu acho que deu, já que nesse ano completou 15 edições.

Voltamos a 2004 quando eu tive meu primeiro contato real com ela. Era a 10a edição. Planilha, treino longo de 14km. Falei com o Filippo, que sempre correu comigo, e nessa época estava bem mais forte em provas rápidas, e fomos fazer o longo dentro da Maratona. Largamos com todo mundo na frente do Obelisco. Fomos embalado com a multidão. Estava uma festa muito bonita, muita gente animada, bastante pessoas na largada, o clima estava muito bom. Passamos pelo noiva, vimos os são paulino, o indio e o home planta nos passou e passamos por vários Tiriricas, Falcões e Travecos. Ou seja, aquela festa de todas as corridas. Entramos nos túneis, caímos no Jóquei, cruzamos a ponte e, o noivo de novo? É ele roubou no percurso! Continuamos e logo chegamos nos nosso 15km no Parque Vila Lobos. Animados seguimos em frente, cruzamos a ponte, entramos na USP e paramos no 21km. Foi uma experiência muito legal, diferente. Até então uma das melhores provas que havia feito.

15 anos depois volto pra mesma prova. Agora de forma oficial. Porém vou pra lá encarar apenas os 10km. O que mais me atraiu nessa prova foi a mudança de percurso. No ano passado, o prefeito Kassab também aproveitou a inauguração da nova Ponte Estaiada e trocou largada. O que foi muito legal, essa ponte é bem diferente das “tábuas de concreto” que são todas as pontes da marginal. Logo essa ponte virou o novo cartão postal da cidade. Nossa última grande ponte era o viaduto Santa Ifigenia!

Bom, vamos voltar pra prova… larguei junto com o Filippo, o mesmo de 5 anos atrás.
Largamos com cartazes, mas ao invés do tradional “Marcos Paulo, eu tô na Globo” exibimos 2 desenhos feitos pelo Kramer especialmente para a prova. Fomos numa boa na subida, vendo todos aqueles fios, cabos, rio, a largada foi muito legal. A sensação de estar lá em cima da ponte já valeu muito a pena. Era tudo muito bonito, menos as coisas boiando no rio.

Caimos na marginal. O ritmo vai aumentando como o cheiro do rio. De repente, um corredor desmaiado no chão. Que susto, mas o pessoal do socorro já estava por lá. Caimos na JK e metade da prova entrou no túnel. Eles rumavam para os grandiosos 42.195 ou 25km, e o resto seguiu reto rumo ao Obelisco para terminar os honrosos 10km.

Entramos no outro túnel e na saída dele, que dureza,…. Muito íngreme! Imagino o pessoal lá nos 38 subindo isso tudo! Nessa hora, lá pro 7km eu me distanciei do Filippo. Depois ainda teve mais subida. A República do Líbano engana. E engana bem, aquilo ali é uma ladeira só! Mas logo depois já era possível ver a chegada e ainda tinha um fôlego extra pra um sprint.

Cruzada a linha, 53:19. Gostei do tempo. Gostei da prova. Adorei a medalha!
Saindo de lá fui pra gloriosa padaria Bienal para tomar um café reforçado e nos deparamos com jogo de futebol na TV. Trocaram a Maratona da cidade pelo Inter x Atalanta do já definido campeonato italiano. Fiquei puto! Pedi para trocarem de canal e quando vi, a padaria toda estava torcendo para o Frank Caldeira, mesmo sabendo que não tinha mais chances. Ver o final da prova comendo e já com o dever cumprido foi muito bom!

Só gostaria de terminar com um comentário que li em alguns blogs e também concordo. Eu acho um absurdo e uma falta de respeito quando eles falam na TV:”Seguem os profissionais na ponta da prova e os atletas de fim de semana no fundo”. Chamar a gente de “Atletas de fim de semana” é sacanagem!

Araka!



7 comentários:

Patty disse...

Um melhor que o outro....só me resta esperar a próxima postagem....

Patty disse...

Um melhor que o outro....só me resta esperar a próxima postagem....

Carlos Lopes disse...

parabéns pela corrida

Anônimo disse...

Doca, o texto está otimo, as informações sobre as corridas tambem , mas voce podia ter nos poupado dos elogios aos prefeitos cujos nomes nao vou nem repetir aqui para não dar ibope...rsrs!!
Beijo
Fê Sanna

Anônimo disse...

Doca, vou ter que concordar com a Sanna... Tinha que incluir justo esses prefeitos? Beijos, Gabi Araujo

Anônimo disse...

parabéns pela prova...aqui um apaixonado por corrida...não consigo viver sem correr...

Running Brazil ( Billy ) disse...

Po cara, pelo seu post vc já é corredor das antigas... tesão...
Desde o ano passado não encaro uma de 10km, pretendo fazer a próxima do circuito das estações.

show os posts..

abs

runningbrazil.blogspot.com